quinta-feira, 6 de março de 2014


Civilidade


não tussa madame
reprima a tosse

não espirre madame
reprima o espirro

não soluce madame
reprima o soluço

não cante madame
reprima o canto

não arrote madame
reprima o arroto

não cague madame
reprima a merda

e quando estourar
que seja devagarinho
e sem incomodar, ok madame?

ok, monsieur.


Alberto Pimenta (1990). «Civilidade». In: Obra Quase Incompleta. Lisboa: Fenda, p. 175.


Sem comentários:

Publicar um comentário